"I´LL TAKE THIS PROMISE TO MY GRAVE"

Home | Entrevista Linha de frente | HARDCORE PRIDE | Síndrome de Judas | Ldf | xProjetos Sociaisx | Quem somos | SAMURAI - FEST | "Tempestade de Fogo" | xCARTAZx
Quem somos

imc2004.jpg

O que é  imc?

 

Constantemente ouço essa pergunta, não só por que tenho esse nome tatuado bem no meio do peito, mas principalmente pelos comentários que rolam por aí, alguns positivos, mas na grande maioria infames. Então decidi escrever essa breve “explicação – biografia – história” da nossa Crew.

 

À princípio, a IMC (Intervenção Militante Crew) é simplesmente um grupo de amigos, como se fosse uma irmandade, tipo uns caras que são muitos leais uns aos outros e decidiram criar um laço muito forte pra demonstrar isso para nós mesmos, e como todos se assumem  vegan” e “straightedge” decidimos pôr esse nome, já que compartilhamos uma visão mais politizada sobre o straighedge/veganismo. Então é isso? Só um grupo de amigos? Exatamente, na liguagem que a gente tá acostumado:

 

 Uma pá de maloqueiro tatuado que se gosta pra caralho

 

Talvez lendo isso você não nos dê credibilidade alguma. Tudo bem, não estamos arrebanhando ovelhas, essa não é, nunca foi, e nunca será a intenção da IMC. Mas aí vem a parte legal da história: já que somos tão amigos, nos conhecemos e nos respeitamos tanto, por que não usar isso pra alguma coisa útil? Exato! Esse é o ponto!! Vamos direcionar toda nossa energia para isso!!! E então decidimos começar a atuar nas coisas que fazem parte de nossas vidas que são inúmeras, mas em especial escolhemos o hardcore, já que todos nós  sempre acreditamos tanto no potencial dele. Daí começamos a fazer zines, site, distro, shows e essas coisas.E é isso que continuamos a fazer, porém com o passar dos anos fomos nos lapidando dentro de nosso caminho. NÃO, não somos burros o bastante para cristalizar nossas idéias e nos manter distante do restante do mundo. Nunca quisemos isso, e acho que isso é praticamente impossível. Mesmo que assim quiséssemos. Porém a essência sempre será a militância em prol da libertação animal e humana. Então resumindo, somos uma CREW (um grupo de camaradas) que compartilham ideias e sentimentos diversos, alguns podem ser resumidos em palavras como o “veganismo”, “straight edge”, “hardcore” , já outros não.

 

 

 

É verdade que..?

 

Como circulam muitos boatos e lendas urbanas sobre a IMC, me sinto às vezes obrigado a escrever sobre isso. Na verdade sempre tentei deixar isso de lado, mas essas coisas tomaram tamanhas proporções que não posso deixar de falar nisso. Estamos preparando um esquema “perguntas – respostas” para esclarecer certos pontos ( na sua grande maioria resultamos de histórias mal contadas, mal interpretadas e/ou distorcidas). Porém outros são tão abusurdos, que basta gastar alguns minutos raciocinando para entender que se trata de mais uma difamação. Ah! Outro detalhe importante: não sabemos muito bem sobre as histórias, já que elas nunca são faladas para nós, mas sobre nós. Os assuntos não são discutidos conosco, ao invés disso são tomadas conclusões precipitadas e espalhadas como verdades por aí (detalhe que quem o faz em sua maioria diz abominar a existência de verdades , mas se você diz que verdades não existem, isso já é uma verdade, então é uma contradição lógica).

 

Sobre essas coisas posso adiantar que somos “pro lifers” sim – posso até escrever mais sobre isso também . Ao contrário de muitos dos “membros” da comunidade hardcore, não temos medo de falar nossas posições, não vetaremos à nos mesmos com medo da “não aceitação” em alguma comunidade, é claro que não vamos sair pela rua “evangelizando” e incomodando os outros, já que esse ponto é algo extremamente pessoal. Não condenamos pessoas que escolhem outros caminhos, porém para nós esse é o correto: “a vida acima de tudo”. Isso também não significa que somos como pastores evangélicos que  vão dizer a mulheres vítimas de estupro que são abrigadas a ter seus filhos, afinal de contas quem somos nós para dizer o que  outros devem fazer? No máximo, se nos for dado o espaço (se perguntarem, sei lá) podemos simplesmente apresentar nossas opiniões que são as nossas verdades, não significando que estejam corretas sobre o ponto de vista geral, mas de acordo com nossos conceitos de ética e moral. Isso é o que adotamos como correto. Outro ponto importante: não saímos por aí distribuindo violência gratuitamente, será possível? Se nós deixamos de consumir qualquer coisas que inflinja no sofrimento de outros animais, sairíamos por aí ferindo aos outros???? Seria um tanto quanto absurdo afirmar isso, mas bem, somos extremistas sim, em nossas convicções somos bem extremos (adotamos o slogam “extremismo em defesa da liberdade”), mas olhe só, vamos supor que você seja negro, você não irá admitir piadas racistas certos? Claro que sim!!! Certíssimo!!! E assim deve ser, você deve ter seu direito a dignidade sempre respeitado, não troque ele por nada ! NUNCA!!! Então sendo assim, se não concordamos com a exploração animal, nos esforçaremos ao máximo para sempre estar longe de apoiarmos isso. Significa que somos extremos, ser extremo significa ser violento? Não, claro que não, Martin Luther King era bem extremista em seus discurssos, porém sempre em defesa da liberdade. Posso passar horas e mais horas escrevendo aqui sobre vários deste pontos, e provavelmente o farei, mas acho que consegui, finalmente me expressar mais especificamente sobre algumas coisas que andavam ocupando meu pensamento constantemente. Não que eu me preocupe intensamente sobre o que pensam de nós, por que para ser bem sincero, pessoas que nos julgam tendo por base julgamentos/ histórias de terceiros preferimos que fiquem bem distante de nós. Só não gosto quando isso me impede de fazer novos contatos e contruir mais pilares no hardcore. O melhor caminho é sempre o diálogo, e sempre estamos abertos a ele. É claro, não vamos escutar àqueles que nos insultam a todo momento por nossas costas. Porém, se você é uma pessoa honrada e sincera, tenho certeza que nos procurará para qualquer dúvida! Espero que você sempre tenha tudo que mereça! De coração!

xIMCx - Brasil Vegan Straight Edge